domingo, 27 de junho de 2010

Amor, ele pertence a nós.

Ando procurando o porquê que o coração de uma hora para a outra resolve bater descompassado.
Pensei, e isso não precisa de explicação nenhuma. Qual a explicação que se dá se do nada encontramos alguém que age como um combustível para nossa felicidade?
Se do nada você se sente a dona de um coração?
Se do nada você tem mais motivos pra sonhar?
Há cada vez eu acredito que o amor age de forma diferente, achamos sempre um motivo e uma forma diferente para amar. Estamos sempre aprendendo, sempre vivendo em um mundo novo.
Eu procuro explicações, procuro respostas... Mas o que meu coração precisa entender? Talvez, seja por isso que apaixonar-se, que amar é tão bom. Note você, que ninguém sabe dizer o que é o amor, nem professores nem poetas. O amor é a maior incógnita da sociedade, do universo! O engraçado é, todos amam sem saber o porquê que amamos! Não é incrível!? *-* Para que entender o sentindo do amor, o que é mais fácil e gostoso? Apenas amar ou procurar respostas do porque que se ama?
AMOR... Felicidade, carinho, olhares, sensações, sentimentos, sorrisos, abraços, beijos, preocupações, saudades, vida...
Tenho medo do que acontece a um coração apaixonado, a um coração que ama, tenho medo de amar alguém, entretanto o amor me é tão convidativo, tão belo, tão bonito, soberano, convidativo demais!
(...) quero meu coração batendo forte...
Quero tremer só de pensar,
Quero entender tudo no teu sorriso...
Quero flutuar apenas com teu olhar
Quero dizer que te amo no teu silenciar.
(...) Gestos simples.
Palavras no silêncio!(...)
Teu rosto no meu pensamento.
Amar é tão convidativo. Amor, apenas sabemos que ele pertence a todos nós.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Deduções deduzidas.

Com todo mundo é igual..
De repente, o olhar se cruza e toda vez que você vê o ser amado é a procura dos olhos deles que vai.
Com o tempo já é possível ter certa amizade e os olhos se cruzam com mais intensidade. Estamos sempre a procura de propícias ocasiões para ver o amado ou pequenos gestos para roubar-lhe um sorriso.
Ah, mas não mais que de repente, aquele primeiro toque! Podemos sentir todo o corpo se arrepiar, um rápido frenesi, as mãos tremem. Sentimos um calor aquecendo o coração e um frio na barriga. Os olhos brilham mil palavras, mil músicas na cabeça. O toque foi um breve tempo de encantamento.
A vontade é uma apenas, além de ver aquele sorriso lindo e sentir o toque, sentimos necessidade de ficarmos mais próximos, e surge a oportunidade de um abraço! Ali juntinhos, não importa o que acontece em volta, é um momento só dos dois. Ali sentimos o coração batendo descompassado, desesperado e confortado... nada mais resume aquele momento.
Depois de olhares, sorrisos, conversas, toque e o abraço, já não tarda a acontecer o beijo! Ele desde aquele abraço, ou naquele toque é esperado com ansiedade e tão esperado chega. Nasce nesse momento [talvez] o Amor!
Emoção e surpresa de troca de olhares,
Florescimento de uma amizade superior,
Simplicidade de cada gesto,
Glamour e importância de cada sorriso,
Frenesi do primeiro toque, o frio na barriga, o calor no coração,
Contentamento, paz e felicidade,
AMOR!
Talvez dali em diante aquele casal irá ser feliz, isso se eles tiverem sorte, mas eles se amam.
Vão viver momentos em que apenas o sorriso recíproco importa, dividiram momentos tristes ou de alegria, não importa eles estão juntos. õ/
Creio que isso é raro acontecer, antes sofremos muito com tudo isso.
Acredito que ‘tudo é passageiro’ e que ‘cada um tem a metade da sua laranja’. Quando se diz amar alguém, estamos oferecendo o melhor de nós para ela. E mesmo que esse amor não seja correspondido, mesmo que ele sofra, vai ser sempre amor só que em proporções diferentes, e se não for mais amor é porque talvez nunca houvesse nada.
Mesmo ignorado, aquele que ama se alegra com um sorriso, a felicidade e o bem estar do amado. Mesmo que ele esteja triste, o seu amor está feliz.
É um paradoxo, e minha cabeça dá nó quando pensa nisso.
Enfim, talvez vale a pena chorar por alguém.
Talvez vale a pena deixar tudo para esquecer alguém, por alguém
Talvez o amor é realmente o maior bem humano.
Talvez... talvez... talvez tantas coisas.
Não temos a certeza de nada, mas nunca despreze um amor, nunca faça alguém chorar se você pode essas lágrimas evitar. Nunca diga amar alguém se essa não é a sua intenção, é covardia brincar assim com um coração.
E sempre, sempre que tiver a oportunidade, AME, AME porque o amor ‘é um estado superior da alma, e enobrece até o mais pobre dos homens.’
Apenas ame, caso contrário, ame também.




Oi, galera! Hoje recebi um convite e foi realmente um presente para mim. Fiquei muito feliz por ser convidada a fazer parte desse blog no qual eu sou fã. Espero que apreciem as minhas postagens... e vai ser uma honra para mim estar ao lado do Bunitu e do Marcus. *-*
Beeeijão